Loading...

sexta-feira, 16 de setembro de 2011


Caro e leitor,

Uma das vantagens de ser um escritor é poder, pelo menos durante o tempo que se levar para escrever um livro, me transformar em outras pessoas, “viver” as “vidas” dos personagens, sentir seus dramas, suas emoções, assumir suas personalidades, tomar suas decisões e fazer suas escolhas. Para escrever bem, acredito que este processo é essencial para que o autor possa escrever um bom livro.

Agora, em “Haras, Uma História de Amor”, tornei-me Rodrigo, um executivo bem sucedido, filho do rei das Usinas de Açúcar e Álcool da região de Orlândia, interior de São Paulo, um homem que poderia ter qualquer mulher que desejasse tamanho era seu poder de atração, além de ser lindo, rico e um amante perfeito. Na pele dele, me apaixonei por Helena, filha dos fazendeiros vizinhos e donos de um haras. Senti o desejo de Rodrigo, sua atração, seu tesão por ela e também seu remorso e sentimento de culpa, após ultrapassar o sinal vermelho e abusar da jovem que era praticamente sua irmã, em sua festa de quinze anos. Sofri com os dois durante anos, senti arrependimento, desilusão, um turbilhão de emoções; fui às nuvens com eles, quando se encontraram tempos depois e fizeram amor como nunca em suas vidas. Também vivi o personagem de Helena, senti o amor inexplicavelmente eterno por um homem que não tinha o direito de se tornar mais bonito a cada dia e que ela amava desde que era apenas uma criança.

Enfim, numa trama que acontece entre a vida no campo, no interior do estado e a vida agitada da cidade grande, acompanhei o desenrolar deste romance entre os dois, repleto de surpresas e momentos da mais pura emoção. Helena jurou que Rodrigo um dia seria dela e nunca desistiu. Uma mulher extremamente sensual, belíssima, dotada de uma inteligência fantástica e muita determinação, seria páreo para uma modelo francesa? Eu e Helena éramos uma só pessoa enquanto eu escrevia este livro e sempre soubemos a resposta, afinal, em minha opinião, ela é uma mulher que pode fazer com que até Rodrigo, o bem sucedido empresário, se esqueça de que dois e dois são quatro.

Espero que vocês gostem, assim como eu gostei de acompanhar a vida desses dois e de todos à volta deles, à medida que as suas necessidades vão se alterando e se transformando, enquanto ele se debate com os sentimentos de culpa e remorso pelo que fez a ela e Helena, com sua determinação de realizar o seu sonho e cumprir a promessa de que Rodrigo um dia seria dela.

Posso garantir a vocês, caros leitores, que ela não mediu esforços nem economizou armas para conseguir o que sempre desejou por toda a sua vida.

Para uma mulher criada num haras, acostumada a domar cavalos sem usar a força, apenas com o poder das palavras, enfrentar uma adversária arrogante e delicada, que só sabia pisar em cascas de ovos sobre uma passarela, além de uma série de outros contratempos e acontecimentos inesperados, tanto em São Paulo, na capital, quanto em Orlândia, no interior do estado, parecia ser uma simples brincadeira de crianças...

Ou será que não?

Descubra  neste livro  um mundo de sensações e infinitas emoções!

"Haras - uma historia de amor"

Lançado em 07 de setembro de 2011 na XV Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro.
.
Um romance picante  que vai fazer você se apaixonar pelos personagens, pela trama desta história, dedicada ao amor e à família, que vai "aquecer" relacionamentos e ficar para sempre em sua memória e em seu coração.

José Araújo

Nenhum comentário:

Postar um comentário